Vamos começar fazendo uma breve analogia dos comandos. Chattr e lsattr funcionam como uma chave e um cadeado, onde um tem permissão de trancar algo ou alguma coisa e outro a “permissão” de visualizar o “código” do cadeado. Um seria a chave (lsattr) e outro o cadeado (chattr).

Chattr funciona como um mega root, onde possui a “permissão” de atribuir e modificar atributos de um arquivo ou um diretório, através de extensões que negam com que o arquivo ou diretório seja removido, visualizado, alterado, etc, ou seja, altera os atributos de um diretório ou arquivo em um LINUX.

No chmod temos as permissões R-W-X, no chattr temos a alteração de atributos!

No chattr, temos as seguintes opções:


As letras ‘aAcCdDeijsStTu’ selecionam os novos atributos para os arquivos:
acrescentar somente (a), sem atualizações de atime (A), compactado (c), sem cópia na gravação (C), sem baixar(d), atualizações de diretório síncronas (D), formato de extensão (e), imutável (i), data journalling (j), exclusão segura (s), atualizações síncronas (S), topo da hierarquia de diretórios (T) e indeletável(u). Os atributos a seguir são somente leitura e podem ser listados por lsattr (1), mas não modificados por chattr: erro de compactação (E), arquivo grande (h), diretório indexado (I), dados em linha (N), acesso bruto de compressão (X) e arquivo sujo compactado (Z).

Já, quando falamos sobre o lsattr, nós conseguimos listar os atributos atribuídos ao diretório ou no arquivo.

Ambiente de Teste:

  • Ao travar um arquivo de texto, por exemplo, atributo “+i” no arquivo desejado. No print abaixo, exemplifica:

Inserindo esse atributo, esse arquivo fica indisponível para edição, ou seja, não é possível atribuir uma palavra dentro do arquivo, alterar o nome ou deleta-lo.

Para retirar esse atributo, é preciso repassar o comando da seguinte maneira: “chattr -i SenhasDeBanco”.

Categorias: ComandosLinux

1 comentário

Cesar Adriano Klassen Danecke · dezembro 27, 2018 às 3:52 pm

Bacana, temos mais um post, assuntos estão cada vez mais interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *